segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Não conquistamos o melhor de Deus ainda

Tema: Não conquistamos o melhor de Deus ainda
Texto: Ag 1:9

Introdução: O profeta Ageu viveu e exerceu seu ministério num momento de retorno do exílio. Num momento onde as pessoas deviam reconstruir toda a sua vida. E nesse meio, ele nos aponta por que a maioria das vezes nós não rompemos, ou avançamos como aconteceu com seus contemporâneos, veja:

  1. Não rompemos devido ao egocentrismo

O “eu” no centro, o “Seja feito a minha vontade” o “eu quero” o “eu posso” o “eu acho” o “eu determino”... O povo estava correndo (cuidando) da sua própria casa (interesses) primeiro e deixando os interesses de Deus para depois. Contudo, no Reino, o interesse de Deus vem primeiro e o nosso depois.

  1. Não rompemos devido ao descuido com a obra de Deus

A casa de Deus (o templo) estava destruído. Ele era a identidade nacional do povo. O povo não estava nem aí com a aliança que tinham com Deus. Faziam à obra do SENHOR relaxadamente. O “Tanto faz” “Do jeito que vier e fizer, assim está bom”.

Conclusão: Olhamos o muito e colhemos o pouco por causa disto, talvez você, esteja visualizando o sobrenatural e o extraordinário de Deus, mas não tem o alcançado. Mas deixe o reino de Deus ser prioridade na sua vida e as demais coisas incluindo o seu melhor, Deus mesmo acrescentará.