quarta-feira, 23 de março de 2011

Devemos temer a Morte, sim ou não?

Devemos temer a Morte? - Jo 5:25; I Co 15:22

Morte é o fim da vida humana, desaparecimento de algo que existiu. E a bíblia declara que é o último inimigo a ser destruído; Mas o Cristão comprometido deve temer a morte?

Todo cristão renascido em Cristo não deve temer a morte, pois está aliançado com a própria ressurreição e vida (Jo 11:25). O cristão comprometido sabe que se viver glorifica a Cristo, se morrer, também glorifica a Cristo (Fp 1:20-21),
Para ele “Se vivemos, vivemos para o Senhor; e, se morremos, morremos para o Senhor assim, quer vivamos,quer morramos, pertencemos ao Senhor”.
                                                                                                         Rm 14:8

A estória nos diz um pouco da vida de João Paton (1824 a 1907), filho de crentes fervorosos que se tornou missionário entre os antropófagos (canibais). Quando alguém disse que ele morreria comido por eles, ele, João Paton, respondeu:
        
“O irmão é mais velho do que eu e em breve será comido por vermes. Se eu conseguir viver e morrer servindo o Senhor Jesus e honrando seu nome não me importunarei de se comido por antropófagos ou por vermes; No grande dia da ressurreição meu corpo se levantará tão belo quanto o seu, na semelhança do Redentor Ressuscitado”. (Fp 3:20-21)

A estória nos diz ainda sobre a vida da vida de Adriano e Natália (303 DC), esse Adriano era um torturador de Cristãos, mas que se converteu a Cristo, “pela segurança que os cristãos tinham de irem ao lar do Pai ao morrerem”.

Até no momento da morte, o cristão evangeliza! Por isso a bíblia diz:

Para o SENHOR é preciosa a morte dos seus fiéis. Pois se um grão de trigo caindo na terra não morrer, fica ele só, mas se morrer produz muito fruto”.

                   (Sl 116:15 e Jo 12:24)


A bíblia é cheia de paradoxos, e um desses paradoxos é que a morte opera vida! Prova clara disto é que o Senhor Jesus Cristo morreu para termos vida.

Veja também I Co 15:36 e depois II Co 4:10-12:

Insensato! O que você semeia não nasce a não ser que morra. Pois nós, que estamos vivos, somos sempre entregues à morte por amor a Jesus, para que a sua vida também se manifeste em nosso corpo mortal. De modo que em nós atua a morte; mas em vocês, a vida.”

O renomado pastor Mike murdock diz bem:

Deus queria uma família e tinha um único filho, então ele semeou esse filho para colher uma família”.

Como Deus semeou Jesus? Através da Morte!

Agora, João 5:25 é bem interessante, vamos analisá-lo:

É uma profecia de dupla referência

Uma profecia de dupla referencia é aquela que tem um significado imediato e um mistério espiritual unidos na raiz. Ou seja, ela se cumpre nos dias que foi dita e também no fim dos tempos. Quando o Senhor Jesus disse: “E os mortos ouvirão a voz do Filho de Deus” ele não especificou tempo, só apontou algo futuro. Se compararmos esse verso com Mateus 27:52 vemos claramente que ele é uma profecia de dupla referência, pois diz “Os sepulcros se abriram, e os corpos de muitos santos que tinham morrido foram ressuscitados”. 

Isso aconteceu após Jesus gritar “Deus meu, Deus meu, por que me desamparastes?”.

 Eles ouviram a voz do Filho de Deus e ressuscitaram! Mas é também uma profecia de dupla referência comparado com João 5:28, 29 que diz:

Não fiquem admirados com isto, pois está chegando a hora em que todos os que estiverem nos túmulos ouvirão a sua voz e sairão; os que fizeram o bem ressuscitarão para a vida, e os que fizeram o mal ressuscitarão para serem condenados”.

E também, porque quando ouvimos a Palavra da Verdade e cremos nela, o Espírito Santo veio e nos ressuscitou quando estávamos mortos (Ef 2:1) como prova do amor de Deus Pai (Rm 5:1-11);

Esse texto aponta ainda:

Para ressurreição física:

Como aconteceu com Lazaro (Jo 11), com o filho da viúva que hospedou Elias (I Rs 17:8-24), e o filho da sunamita que hospedou Eliseu (II Rs 4:8-37), como a filha de Jairo (Mc 5:21-24, 35-43), como aconteceu com Dorcas (At. 9:32-43), Como aconteceu com Êutico (At. 20:1-12).

Para ressurreição espiritual:

Como aponta Ef 2:1-10; Rm 6:1-23

Esse texto aponta também o poder transformador de Deus:

Ele transformou:

Jacó (Enganador) em Israel (Príncipe de Deus)

Simão (Vara Bamba, Ouvinte) em Pedro (Rocha, Pedra)

Saulo (Forte, Desejado) em Paulo (Pequeno, menor)

É nele que encontramos sentido para II Co 5:17:

“Se alguém está em Cristo é feito uma nova Criação” – Original Grego

Quero finalizar dizendo o que Li no livro “Murmuradores – Ap Sinomar”:

Quando morremos, deixamos para trás tudo o que temos e levamos tudo o que somos”.

E o que diz a Bíblia em Apocalipse 14:13 que diz:

Então ouvi uma voz dos céus dizendo: Escreva: Felizes os mortos que morrem no Senhor de agora em diante, diz o Espírito: Sim, eles descansarão das suas fadigas e suas obras os acompanharão”.

Por isso o apóstolo Paulo dizia que estar com Cristo é Incomparavelmente melhor (Fp 1:23), pois lá é Siló (Lugar de descanso). “Pois ainda resta um repouso para o povo de Deus – Hb 4:9”.

Então cristão não tema diante da sua morte, se ela vier a ocorrer, mas junto comigo, vamos nutrir a expectativa que o arrebatamento aconteça antes!


Mas se você ainda não se tornou um cristão, ou é um cristão meia-boca, ou um cristão ausente do Senhor (Desviado) aconselho você a se arrepender e retornar para Cristo

"Pois a vida está nele e a vida é a luz dos homens" - Jo 1:4

"Vocês não querem vir a mim, para terem vida" - Jo 5:40 (Vida é só em Cristo Jesus)


Que você se torne um cristão renascido para Deus e cheio do Espírito Santo da Promessa, se você já é, que você possa ser sal e luz cada vez mais em nome do Senhor Jesus.