quarta-feira, 16 de março de 2011

Série de Palavras sobre o "Ânimo"

Ânimo (Parte I)

“Esforça-te, e tem bom ânimo, porque tu farás a este povo herdar a terra que jurei a seus pais lhes daria”. – Josué 1:6

Este versículo da palavra de Deus nos mostra:

  • As exigências do ânimo

- Esforço

Esforçar-se é uma ação humana unida a uma ação divina. Há na Bíblia, o relato da mulher hemorrágica, e os evangelhos nos contam que a cura dela se deve tanto ao seu esforço em romper a multidão, o preconceito, o julgamento das pessoas a seu respeito, quanto em tocar em Jesus e testemunhar disto publicamente. Devemos notar a fragilidade física que aquela mulher vivia, e ver o quanto ela se esforçou em prol da sua vitória e benção.
Há uma frase que diz: Se não existe esforço, não existe progresso”.
                                                                                              (Frederick Douglas)

  • Conseqüências do Ânimo

- Herança

Há um episódio na bíblia, onde Moisés por ordem de Deus envia doze líderes de Israel a espiar a terra que Deus prometeu a Abraão, Isaque e Jacó. Contudo, Dez desses líderes retornaram com um relatório desesperador e incrédulo, e dois desses líderes (Josué e Calebe) por perseverarem em seguir ao SENHOR (Perseverar é conseqüência direta do ânimo) receberam a condição de entrar na terra que mana leite e mel, ao passo que toda a geração de homens de guerra que saiu do Egito através de Moisés, Arão e Miriã, morreram no deserto, inclusive eles três;

Quando Deus fala com Josué e o motiva, é como se Deus estivesse lhe ensinando que “se não existe esforço, não existe progresso”. E quem é motivado tem direito a herança, mas precisa também se esforçar muito;

Será que temos nos esforçado o suficiente para agradar a Deus?
Será que o nosso esforço tem sido aceito por Deus?
Será que nos esforçamos para Deus mesmo?
Temos nos esforçado ao menos?