terça-feira, 12 de abril de 2011

QUAL TEM SIDO SUA CONFISSÃO?

QUAL TEM SIDO SUA CONFISSÃO?

A palavra “Confissão” vem do grego “Homologia” e do Latim “Confissionis”. Em grego significa “falar o mesmo”, e em Latim significa “declaração, reconhecimento”.

Para muitos, confissão é somente para pecados, culpa erros... Mas na bíblia, vemos que confessar é concordar com Deus, falar o mesmo que Deus diz. 

A história conta-nos sobre a vida de uma mulher chamada Wendelinuta que viveu na Holanda em 1540, era cristã fervorosa, anciã, que não negava a confissão da sua fé. Ela falava abertamente da fé num país proibido de falar do Evangelho.

Num determinado dia, ela foi presa, e seus amigos tentaram convencê-la a negar sua confissão, como não conseguiam, tentaram então fazê-la guardar só para si, como não conseguiram também, desistiram. Ela sempre preservava o que a Palavra de Deus dizia “Se com tua boca confessares ao Senhor Jesus e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dos mortos, serás salvo, porque com o coração se crê para a justiça e com a boca se faz CONFISSÃO para a Salvação”.  (Rm 10:9, 10)

Ela então foi condenada a ser queimada viva, mas como era anciã, sua pena foi “amenizada” e ela foi estrangulada, mas reteve até o fim, a confissão da sua fé!
Ela sabia que “por suas palavras, serás justificado e por suas palavras serás condenado” (Mt 12:36, 37). Sabia também, que “a morte e a vida estão no poder da língua” (Pv 18:21). Sabia que a “boca fala do que o coração estava cheio” (Lc 6:45), por isso preservou a sua confissão!

Falou o mesmo que Deus fala, concordou com Deus até o fim!

No livro “mergulhando no Espírito e compreendo a fé” do Pr. Éber Rodrigues, o próprio Éber, conta um episódio, onde seu Pai é curado de uma hérnia na coluna, mas só foi curado depois de apropriar-se da cura pela fé, e confessá-la por 5 horas seguidas, ao final de cinco horas, ele estava completamente curado!

Isso é que é confissão e apropriação da Palavra pela fé! Confissão está intimamente ligado a apropriação. Quando você crê que a Palavra de Deus é para você, você a confessa diante de todos! Quando você confessa, você se apropria!

É interessante ressaltar que um dos muitos benefícios da confissão é a cura;

Tg 5:16 è Confessai uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sejais curados.

É importante dizer ainda que não podemos sair espalhando diante de todo mundo a confissão do irmão (a), pois o “fiel de espírito encobre o segredo”.(Pv 11:13).

Diante disso, qual tem sido sua confissão?

Você tem reconhecido o que na sua vida?

O Pr Mike Murdock diz que tudo o que você não reconhece e celebra por fim sairá da sua vida. (A lei do Reconhecimento)

O que você tem declarado?

Lembre-se que Jesus é o apóstolo da sua confissão (Hb 3:1). Por ele é o “amém, para glória de Deus por nosso intermédio” (2 Co 1:20).

O Pr. Éber Rodrigues diz também, que apesar de ser criado na igreja, houve um tempo de deserção na sua jornada espiritual (ele desviou quando jovem, mas hoje está firme em Cristo), e sempre que alguém da igreja onde seu pai José Rodrigues, pastoreava o encontrava. Esse alguém dizia: “Éber, Servo do Deus Altíssimo”.  E hoje, o Pr Éber é um servo do Deus Altíssimo.

A declaração daquele jovem se cumpriu na vida do Pr. Éber, e tem abençoado muitos, a mim inclusive. Hoje, o Pr. Éber é líder do ministério Ouvir e Crer e tem ministrado seminário de Adoração e Vida no Espírito em todo o Brasil, e é uma benção, eu já participei de dois deles! ALELUIA pela declaração daquele jovem na vida do Pr Éber Rodrigues! Se aquele jovem, não tivesse declarado, não sabemos onde hoje estaria o Pr Éber, mas glória a Deus, ele está “Andando no Espírito, andando no Poder”.

Mas diante de tudo isso, você pode me dizer:

“Eu quero mudar minha confissão, mas não consigo. O que eu faço?”

Eu te digo:

“Mude a semente.”

A boca fala do que o coração está cheio, se o teu coração estiver cheio de maldição, proporcionalmente falará de maldições, mas se estiver cheio da palavra, falará do que Deus diz. É nesse sentido de mudança de semente que Tiago diz:

Da mesma boca procede a bênção e maldição. Não convém, meus irmãos, que se faça assim. Porventura a fonte deita da mesma abertura água doce e água amargosa? Meus irmãos pode acaso uma figueira produzir azeitonas, ou uma videira figos? Nem tampouco pode uma fonte de água salgada dar água doce.
Se você mudar a semente, indubitavelmente você terá uma colheita diferente!
Amado, desafio você a mudar a confissão, mesmo que aparentemente não aconteça nada, pois “o Justo viverá pela fé” (Rm 1:17),  e anda por fé e não pelo que vê (2 Co 5:7);
Confesse, declare e reconheça somente o que Deus declara, confessa e reconhece para você!
Aqui vão algumas coisas que Deus reconhece para você:
  1. Você é abençoado – Gn 12:1-3; Gl 3:13, 14.
  2. Você é propriedade de Deus – Ex 19:1-6; 1 Pe 2:9, 10.
  3. Você é curado – Is 53:4, 5; Mt 8:17.
  4. Você é próspero – Dt 28:1-14; 2 Co 8:9.

Amado (a), qual será sua confissão a partir de hoje?