sábado, 29 de outubro de 2011

Quem você é?

Quem você é?
Na bíblia encontramos diversos tipos de pessoas, vejamos algumas delas e analise com qual você se identifica mais:
1.   Caim (Gênesis 4:9)
 Então o Senhor perguntou a Caim: "Onde está seu irmão Abel? " Respondeu ele: "Não sei; sou eu o responsável por meu irmão?”
Caim foi alguém que não se responsabilizou por seus atos, Caim tipifica pessoas ‘omissas’ em sua identidade. Pessoas que sempre tercerizam a culpa, pessoas que negam qualquer envolvimento.
Você é alguém que terceiriza a culpa?  Você é Caim, um fugitivo?
Caim foi assassino, você é assassino de sonhos? Caim teve prazer de frustrar a felicidade, você a tem? Queira Deus, que nenhum de nós sejamos Caim!
2.   José (Gênesis 45:12)
“Vocês estão vendo com os seus próprios olhos, e meu irmão Benjamim também, que realmente sou eu que estou falando com vocês.”
José foi alguém que foi tremendamente ferido pelos seus familiares e tinha todos os motivos para desistir deles, no entanto, ele decidiu perdoá-los. Ele é testemunho vivo do perdão de Deus. José foi alguém que tirou seus olhos do problema e os fixou no Criador como diz o Profeta:
“Naquele dia os homens olharão para aquele que os fez e voltarão os olhos para o Santo de Israel.” (Isaías 17:7)
José é um homem que nos ensina a transpôr as dificuldades em nome do Senhor. Você é José? Perdoador, clemente, ‘testemunho’, aquele que olha para o Santo de Israel?
3.   Moisés (Êxodo 3:11)
Moisés, porém, respondeu a Deus: "Quem sou eu para apresentar-me ao faraó e tirar os israelitas do Egito?”
Moisés nesse ponto da história se sentia humilhado, pois saiu do Egito envergonhado e perseguido por ter assassinato um egípcio. Nesse ponto da história já havia se passado 40 anos no deserto. Nesse período ele conheceu que era ‘ninguém’.
Quantas pessoas sentem a chamada de Deus para uma obra grande e se sentem como Moisés, humilhadas, despreparadas, pequenas, insuficientes...
Nesse momento da história, Deus teve que injetar um ânimo novo em Moisés, pois ele estava preso em suas limitações. Dizia ele: ‘SENHOR, sou pesado de língua’ (outras traduções trazem ‘gago’); e o SENHOR lhe responde: ‘Quem fez o homem seja ele surdo ou mudo, não sou eu? Vá e eu serei com sua boca e lhe ensinarei o que falar’
Isso me lembra o que Jesus Cristo disse em Mateus 10:20:
Pois não serão vocês que estarão falando, mas o Espírito do Pai de vocês falará por intermédio de vocês.
Quem sabe se o Senhor não tinha em mente Moisés ao citar esse precioso verso?
4.   Saul (1 Samuel 9:21)
“Acaso não sou eu um benjamita, da menor das tribos de Israel, e não é o meu clã o mais insignificante de todos os clãs da tribo de Benjamim? Por que então estás me dizendo tudo isso?”
É interessante dizer que o nome ‘Saulo’ vem da raiz hebraica ‘Saul’, e ambos os personagens se sentiam ‘pequenos, menores’ diante da presença de Deus, veja o que diz o apóstolo em sua carta aos Coríntios: (1 Coríntios 15:9)
Pois sou o menor dos apóstolos e nem sequer mereço ser chamado apóstolo, porque persegui a igreja de Deus”
Saul era aquele que se sentia inferior. Aquele que sofria de ‘complexo de inferioridade’.
O complexo de inferioridade é aquele que não reconhece sua identidade em Deus.
Será que você está convicto de quem Deus é? De quem você é nele? Será que você não sofre de ‘complexo de superioridade ou de inferioridade’?
Diz o ditado: ‘diga-me com quem andas e eu te direi quem és’. Nesse caso, sua identidade está nele, no El-Shadday! O Todo Poderoso, Deus!
5.   Golias (1 Samuel 17:8)
“Golias parou e gritou às tropas de Israel: "Por que vocês estão se posicionando para a batalha? Não sou eu um filisteu, e vocês os servos de Saul? Escolham um homem para lutar comigo.”
Nesse capítulo, vemos Golias desafiando primeiro o próprio Deus e depois o seu povo num espaço de 40 dias. Nesses 40 dias não houve ninguém que se posicionasse em favor de Israel e de Seu Deus a não ser Davi.
Golias tipifica toda afronta contra nossa vida e nosso Deus.
Você tem permitido que algo afronte seu Deus em sua vida? Você tem dado espaço a Golias em você? Tem criado como se diz: ‘demônios de criação’?
6.   Davi (1 Samuel 18:18)
Mas Davi disse a Saul: "Quem sou eu, e o que é minha família ou o clã de meu pai em Israel para que eu me torne genro do rei?
Davi se sentia indigno e nessa parte eu me identifico com ele. Indigno das bençãos de Deus. Veja o que ele diz em 2 Samuel 7:18:
“Então o rei Davi entrou no tabernáculo, assentou-se diante do Senhor, e orou: "Quem sou eu, ó Soberano Senhor, e o que é a minha família, para que me trouxesses a este ponto?”
Sabemos que Jesus já conquistou todas as bençãos de Deus para Nós (João 19:30; 2 Coríntios 1:20; Efésios 1:3), mas não queremos assumí-las, sentimos indignos (eu particularmente ainda mais)delas.
7.   Paulo, o apóstolo (Gálatas 2:20)
“Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim”
Paulo é aquele que abre mão da sua identidade em prol da obra de Deus, segundo ele mesmo ele ‘não consultou nem carne, nem sangue’ para pregar Cristo e ele considerava tudo como perda por causa da sublimidade de conhecimento de Cristo Jesus, o Senhor. (Gálatas 1:15-17; Filipenses 3:8).
Concluímos então esse pequeno estudo e com quem você mais se identifica?