quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Não entristeçam o Espírito Santo

Ef 4:30 “Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção.”
Como não entristecer o Espírito Santo? Nós Alegramos o Espírito quando nós:
1.   Abandonamos a mentira (Ef 4:25):
A mentira é a única coisa cuja paternidade é atribuída ao diabo (Jo 8:44). A mentira prejudica relacionamentos e nós devemos zelar pelo vínculo da paz entre nós porque somos membros uns dos outros (Rm 12:18; Ef 4:3).
2.   Liberamos perdão (Ef 4:26,32):
O perdão é a única maneira de Satanás não alcançar vantagem sobre nós (2 Co 2:11). O perdão é a chave para receber o perdão divino (Mt 6:14,15) e é uma decisão pessoal. Quando retemos perdão estamos retidos, quando perdoamos somos libertos (Jo 20:23)
  3. Quando não cedemos espaço ao diabo (Ef 4:27)
A apóstola Elisabeth diz que ninguém perde espaço, mas cede aquele espaço que é seu. Alguém já disse que o diabo só tem o espaço que a igreja menosopreza. O pastor Laudjair Guerra disse num congresso da visão celular: "as células que você não tem, é o diabo quem tem".
Por isso, Jesus disse que as portas do inferno não prevaleceriam contra a Igreja, no grego comum, essa expressão quer dizer que a igreja atacaria o inferno e o inferno teria que retroceder.
No rol de discípulos de Jesus, vemos que Judas Iscariotes cedeu espaço ao diabo. Vemos o diabo querendo peineirar Simão como se peneira trigo. Não podemos ceder espaço ao maligno, pois Deus está a procura de homens e mulheres que estejam na brecha diante dele em favor do seu povo (Ez 22:30; Lc 22:31; Jo 6:70; 13:2).
  4. Arrependemos dos pecados (Ef 4:28a):
O ladrão arrependido deixa de furtar. O primeiro sinal da conversão é o arrependimento (Jr 31:19), e o primeiro ato para receber o Espírito Santo (At 2:38). O arrependimento foi a primeira mensagem que o Senhor Jesus pregou (Mc 1:15). O arrependimento será também a última mensagem de Deus para a Terra, mas os homens a recusarão (Ap 9:20).
5. Promovendo edificação (Ef 4:29):
A linguagem torpe ou indecente é aqueles palavrões, palavras de baixo calão. O apóstolo Paulo recomenda a Tito que nós não deveríamos ter nenhuma indignidade no falar (Tt 2:7,8). Porque a boca fala do que o coração estiver cheio (Lc 6:45), pois a boca pode produzir morte ou vida de como se usa (Pv 18:20,21), porque com ela bendizemos o Senhor e Pai e com ela amaldiçoamos o homem feito a semelhança de Deus (Tg 3:7-9).
O Senhor Jesus tinha sempre uma boa palavra pro cansado (Is 50:4) e esse tem sido o desejo do meu coração: ter uma boa palavra pro cansado, que eu seja agente de Deus para abençoar os meus irmãos em Cristo Jesus.
6. Devemos nos livrar da Amargura, Ira, Indignação, Gritaria, Calúnia (Ef 4:31)
Já foi provado que toda doença na alma resulta em doença física, pois como nós nos imaginamos nós nos tornamos (Pv 23:7).  Devemos ter uma auto-imagem correta de nós mesmos, pois somos filhos e filhas do El-Shadday (o Deus Todo Poderoso), somos templos do Espírito Santo (Ruach Hakodesh), Somos habitação de Deus no Espírito (Ef 2:22).
Todas as coisas nos são possíveis (Mc 9:23; Fp 4:13; Mt 18:18), sendo assim devemos ter gratidão ao Pai porque ele nos amou primeiro (1 Jo 4:19)
Que achemos graça aos olhos do Senhor Jesus! Vem Senhor! o Seu Espírito e sua Noiva dizem vem (Ap 22:17)