segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Deus não tem a obrigação de realizar seus sonhos!


*  As citações foram todas retiradas da N.V.I (Nova Versão Internacional – Sociedade Bíblica Internacional) salvo indicações ao contrário.

* Nota: Texto longo, e cheio de Citações Bíblicas

Foram-se os meus dias, os meus planos fracassaram, como também os desejos do meu coração.  (Jó 17:11)

O que é um Sonho?

O Dicionário Eletrônico Houaiss da Língua Portuguesa 3.0 define sonho como “ato ou efeito de sonhar; conjunto de imagens, de pensamentos ou de fantasias que se apresentam à mente durante o sono; seqüências de idéias soltas e incoerentes, às quais o espírito se entrega, devaneio, fantasia; plano ou desejo absurdo, sem fundamento, fantasia, utopia; desejo vivo e constante, anseio; coisa ou pessoa muito bonita, visão; idéia ou ideal dominante que alguém ou um grupo busca com interesse ou paixão”.

A Bíblia hora nenhuma mostra que Deus é obrigado a cumprir nossos sonhos, nossos desejos vivos, nossas metas, nossos devaneios, nossas fantasias, isso é resultado de um falso evangelho que tem se propagado numa geração consumista, uma geração que desconhece a verdade do Sofrimento Cristão.

Jó tinha sonhos e seus sonhos foram frustrados, a própria bíblia apresenta inclusive, que Deus frustra 
sonhos.

ð “Ele frustra os planos dos astutos, para que fracassem as mãos deles.” (Jó 5:12)
ð  O Senhor desfaz os planos das nações e frustra os propósitos dos povos. (Salmo 33:10)

A primeira vista, parece maldade da parte de Deus, mas não é; vejamos o porquê

1.      Os nossos planos excluem a Deus;

“Em sua presunção o ímpio não o busca; não há lugar para Deus em nenhum dos seus planos.” (Salmo 10:4)

Como a Bíblia chama aos nossos sonhos?

A bíblia chama nossos sonhos de “planos perversos” (Salmo 21:11; 26:10; 140:2) e “malignos” (Salmo 64:5), “planos de rebelião” (Salmo 106:43), “planos enganosos e inúteis” (Salmo 119:118), “maldosos” (Isaías 32:7).

Nós somos totalmente depravados e corrompidos, não buscamos a Deus, nos apressamos pelo caminho do mal, somos incapazes de fazer o bem. (Salmo 14:1-3; Romanos 3:10-18; Jeremias 13:23). Nossos desejos só se inclinam para a pecaminosidade do nosso coração corrupto (Tiago 4:3; Jeremias 17:9).

Nossa natureza é inimiga de Deus (Romanos 8:7), isso significa que não somente somos rebeldes contra Deus, mas somos ativos contra Deus.

A bíblia assegura que podemos excluir Deus de nossos sonhos (Isaías 30:1)

2.      Os nossos sonhos independentes de Deus geram destruição para nós:

A Palavra de Deus assegura que quem segue fantasia colherá: Miséria (Provérbios 28:19) e é uma pessoa que não tem juízo (Provérbios 12:11).

Tiago 4:3 no Novo Testamento Grego diz que não recebemos porque pedimos “Mal”. A palavra “mal” significa “algo destrutivo, nocivo, prejudicial, que quer satisfazer apenas os nossos pecados”. E o salário do pecado é a morte (Romanos 6:23; Tiago 1:15).

3.      Os planos de Deus são incomparavelmente melhores em relação aos nossos;

Os planos de Deus não podem ser frustrados por nada que façamos e nem por ninguém em todo Universo (Jó 42:2), os planos do Senhor são eternos (Salmo 33:11). O profeta Isaías diz que os Planos do Senhor são mais altos que os nossos e seus Caminhos melhores que os nossos da mesma forma que os Céus são mais altos que a Terra (Isaías 55:8,9).

Os planos do Senhor são para nos dar paz (Jeremias 29:11), no final, somente os planos do Senhor serão 
cumpridos (Provérbios 16:1; 21:1).

Desmistificando falsas idéias a respeito dos Planos de Deus:

1.      Os planos de Deus não nos isentam do sofrimento

Todos os Patriarcas, Profetas, Sacerdotes, Reis, Apóstolos, Evangelistas, Mestres foram homens e 
mulheres forjados no sofrimento:

è E eles me responderam: "Aqueles que sobreviveram ao cativeiro e estão lá na província, passam por grande sofrimento e humilhação. O muro de Jerusalém foi derrubado, e suas portas foram destruídas pelo fogo". (Neemias 1:3)

è De fato, vocês se tornaram nossos imitadores e do Senhor; apesar de muito sofrimento, receberam a palavra com alegria que vem do Espírito Santo. (1 Tessalonicenses 1:6)
è Lembrem-se dos primeiros dias, depois que vocês foram iluminados, quando suportaram muita luta e muito sofrimento. (Hebreus 10:32)

è Irmãos, tenham os profetas que falaram em nome do Senhor como exemplo de paciência diante do sofrimento. (Tiago 5:10)

è Pois que vantagem há em suportar açoites recebidos por terem cometido o mal? Mas se vocês suportam o sofrimento por terem feito o bem, isso é louvável diante de Deus. (1 Pedro 2:20)

è Sejam sóbrios e vigiem. O diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar. Resistam-lhe, permanecendo firmes na fé, sabendo que os irmãos que vocês têm em todo o mundo estão passando pelos mesmos sofrimentos. O Deus de toda a graça, que os chamou para a sua glória eterna em Cristo Jesus, depois de terem sofrido durante pouco de tempo, os restaurará, os confirmará, lhes dará forças e os porá sobre firmes alicerces. (1 Pedro 5:8-10)

è Eu, João, irmão e companheiro de vocês no sofrimento, no Reino e na perseverança em Jesus, estava na ilha de Patmos, por causa da palavra de Deus e do testemunho de Jesus. (Apocalipse 1:9)
Para trazer a pregação aos gentios depois de vinte anos de fundação da Igreja, o Senhor teve de trazer perseguição através de Saulo.

||Deus se compadece diante do nosso Sofrimento||

Deu-lhe o nome de Noé e disse: "Ele nos aliviará do nosso trabalho e do sofrimento de nossas mãos, causados pela terra que o SENHOR amaldiçoou” (Gênesis 5:29).

Disse-lhe ainda o Anjo do Senhor: "Você está grávida e terá um filho, e lhe dará o nome de Ismael, porque o Senhor a ouviu em seu sofrimento. (Gênesis 16:11).

 “Se o Deus de meu pai, o Deus de Abraão, o Temor de Isaque, não estivesse comigo, certamente você me despediria de mãos vazias. Mas Deus viu o meu sofrimento e o trabalho das minhas mãos e, na noite passada, ele manifestou a sua decisão". (Gênesis 31:42)

Então eles se desfizeram dos deuses estrangeiros que havia entre eles e prestaram culto ao Senhor. E ele não pôde mais suportar o sofrimento de Israel. (Juízes 10:16)

Mas aos que sofrem ele os livra em meio ao sofrimento; em sua aflição ele lhes fala. (Jó 36:15)

Pois não menosprezou nem repudiou o sofrimento do aflito; não escondeu dele o rosto, mas ouviu o seu grito de socorro. (Salmo 22:24)

2.      Os planos de Deus podem e muitas vezes não concordam com os nossos;

 Muitos são os planos no coração do homem, mas o que prevalece é o propósito do Senhor.  (Provérbios 19:21)

Citemos apenas dois exemplos: O profeta Jonas e os Discípulos

O profeta Jonas: Foi enviado por Deus a Nínive, capital do império Assírio, grande inimigo de Israel para pregar-lhe juízo a fim de arrepender-se, contudo, o profeta fez exatamente o oposto do que Deus lhe ordenara. Não foi a Nínive e foi a Jope, Nínive ficava num oposto do globo (Oeste) e Jope noutro oposto (Leste), no entanto, o propósito do Senhor prevaleceu e Jonas foi a Nínive e toda a Cidade se arrependeu.

Os discípulos: A mentalidade Judaica de um reino político-militar estava presente também nos discípulos, em uma das muitas refeições que tiveram com Jesus, lhe perguntaram: “Senhor, é neste tempo que restaurarás o Reino a Israel?”. A mentalidade dos discípulos era a mentalidade de uma Igreja composta apenas por Judeus convertidos a Jesus (Messiânicos), mas o propósito do Senhor era uma Igreja composta de membros de todas as raças, tribos, nações... E o propósito do Senhor prevaleceu... Mesmo que tenha demorado duas décadas para que o entendimento dos discípulos se abrisse a isso.

Isso significa que Deus não me quer feliz?

Absolutamente, não! Há varias passagens bíblicas que provam justamente o oposto, ou seja, que Deus nos quer felizes, vejamos:

ð Conceda-te o desejo do teu coração e leve a efeito todos os teus planos. (Salmo 20:4)
ð Deleite-se no Senhor, e ele atenderá aos desejos do seu coração. (Salmo 37:4)
ð Abres a tua mão e satisfazes os desejos de todos os seres vivos. (Salmo 145:16)
ð Realiza os desejos daqueles que o temem; ouve-os gritar por socorro e os salva. (Salmo 145:19)
ð O Senhor o guiará constantemente; satisfará os seus desejos numa terra ressequida pelo sol e fortalecerá os seus ossos. Você será como um jardim bem regado, como uma fonte cujas águas nunca faltam. (Isaías 58:11)
Mas isso tem um custo: Deleitar-se no SENHOR, temer ao SENHOR. Se não temermos o SENHOR e não o amarmos acima de tudo, ele tem o direito de não nos respondermos como quisermos, ele é Deus Soberano!
Deus e a “noite escura da alma”
A noite escura da alma é o nome que os Puritanos deram ao momento em que o Cristão passa o sofrimento e Deus se cala e a dor se agrava. O Salmo 88 é o único salmo que termina com a palavra “trevas”. O silencio de Deus durante o sofrimento torna o sofrimento pior ainda.
A nossa vida é cercada de sofrimentos...
Porque todos os seus dias são dores, e a sua ocupação é desgosto; até de noite não descansa o seu coração; também isso é vaidade. Eclesiastes 2:23 – A.R.C
Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu: tempo de chorar e tempo de rir; tempo de prantear e tempo de saltar; (Eclesiastes 3:1,4 – A.R.C)
Esse dia é o dia da adversidade (Eclesiastes 7:14), o dia mau (Efésios 5:16; 6:13), é um tempo prolongado (2 Pedro 3:8; Salmo 90:4), mas que tem fim (Salmo 30:5), só não sabe-se quando na terra.
Concluindo, prepare-se pra sofrer. É o meio pelo qual Deus purifica a sua igreja
1 Pedro 4:12,13 – Amados, não se surpreendam com o fogo que surge entre vocês para os provar, como se algo estranho lhes estivesse acontecendo. Mas alegrem-se à medida que participam dos sofrimentos de Cristo, para que também, quando a sua glória for revelada, vocês exultem com grande alegria.
Isaias 48:10 –  Veja, eu refinei você, embora não como prata; eu o provei na fornalha da aflição.
E não julgue o irmão (a) que passa pela noite escura da alma, pois todos temos os nossos vales da Sombra da Morte (Salmo 23:4), centre-se na vontade de Deus, nos planos dele, mesmo em meio a muitos sofrimentos (Atos 14:22), pois haverá um dia que tudo isso findará e estaremos para sempre com Deus em alegria eterna (Salmo 16:8-11).