Mudança: consequência de crescer

A mudança é inevitável se deixarmos ela acontecer e, principalmente anelar por ela. Eu gosto de mudanças. Sou aberta para que ela entre. Às vezes ela dá medo. Pode ser uma mudança miúda, profunda e, bem radical. O importante é que seja duradoura e que aconteça gradativamente. Mudar dói. Envolve o crescimento e -como diz uma amiga- "crescer dói pra caramba". Mas, é inevitável. A vida nos faz crescer Obrigatoriamente. Tem situações que, ou você cresce e aprende a lição ou cresce e aprende a lição.
Minha mãe sempre diz que, "a vida não vai te ensinar com o mesmo amor que seus pais ensinam", e é verdade. Sempre escutei o que as pessoas (família) me diziam, o difícil era praticar. 

Esses dias escutei da minha amiga que eu havia mudado, outro dia que eu "estava me arrumando mais". De fato. Quando eu permiti que Deus me modificasse e entendi que querer é poder sim -quando é da vontade de nosso Pai, Deus-, passei a viver melhor e a cada dia ser mais eu e quem Deus me criou pra ser e menos o que esperam/querem que eu seja. Passei sim, na verdade, a me arrumar mais (até para ir no supermercado, algo bem estranho para aqueles que me conheceram pois eu não O fazia), me amar mais, ser quem eu sou verdadeiramente diante de qualquer um. Ainda falho em algumas situações, pois são desconfortáveis. E assim é que acontece o crescimento. Pouco a pouco, degrau por degrau, e isso dói (fala de Adinna Ketheley). Às vezes pessoas que amamos se afastam, nos criticam, até chamam a gente de louco, dizem que se continuarmos assim ficaremos sozinhos. E isso foi o que ouvi minha amiga dizer um tempos antes de acontecer comigo. O mais impactante é que, quando você está em fase de crescimento, principalmente na graça, conhecimento e amor de Deus, você passa a não se importar com esses comentários pois você sabe que não é verdade, e prefire ficar sozinho, se for o caso, do que continuar sendo o mesmo imaturo. A cada degrau que subimos a gente anseia por subir o próximo. Há um entusiasmo para saber e viver o próximo ciclo mesmo sabendo que este será ainda mais difícil e mais doloroso (Falo por mim).

Eu aprendi a amar o simples e admirar coisas pequenas, pois essas se tornam grande e muito importante. Aprendi a observar os detalhes. A ver emoção em algo rotineiro. Ontem eu li um texto da minha mais próxima e melhor amiga, que uma parte fala sobre ser alguém complexo. Diferenciava o complexo do complicado. E como tem diferença, viu! Ao ler o texto eu pude sentir a vibe positiva sobre liberdade quando aceitamos quem somos (ela é complexa). Se quiser conferir deixo o link, mas como ela disse: "Se for ler rápido, não leia e se for ler só por ler, não leia" Adinna_K blog

Descobri que quanto mais simples é algo, uma atitude, um gesto, se torna imensamente importante. Aprendi que Deus se importa com coisas simples e de pouca importância para nós. Tenho aprendido a amar as coisas pequenas que ninguém dá crédito. Eu mudei, e permito que Deus complete a boa obra que Ele começou em mim, a qual me fará crescer mais e consequentemente, mudar alguns aspectos que precisam ser modificados de acordo com o padrão de Cristo Jesus, nosso Senhor e Salvador. 
"Crescer dói mas vale muito a pena". KETHELEY, Adinna.

Quando crescemos aprendemos a nos amar mais, cuidar mais da gente. Até porque Jesus disse que devemos amar o nosso próximo como a nós mesmo, então, somente quando aprendemos a nos amar é que podemos amar nosso próximo verdadeiramente. Permita-se crescer e com isso mudar. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ESBOÇO DE GÁLATAS 5:13-26 "OS TRÊS MINISTÉRIOS DO ESPÍRITO SANTO DE DEUS"

Vai valer a pena

Frases impactantes