domingo, 5 de junho de 2011

O escritor aos Hebreus diz com relação aos profetas do Antigo Testamento: "Pela fé conquistaram reinos, praticaram a justiça, alcançaram o cumprimento de promessas, fecharam a boca de leões, apagaram o poder do fogo, e escaparam do fio da espada; da fraqueza tiraram força, tornaram-se poderosos na batalha e puseram em fuga exércitos estrangeiros." (Hb. 11:33,34)

Quero compartilhar com vocês hoje uma palavra motivacional, respaldada pela Palavra de Deus, quero deixar aqui alguns princípios que tem me auxiliado muito na jornada da fé que são dentre outras coisas:

Devemos superar nossos traumas e fazer deles um trampolim para maiores conquistas

O que é ser forte na fraqueza, senão um grande exemplo de superação? Abraham Lincoln perdeu tantas vezes na política, mas não se deu por vencido. Martin Luther King foi preso tantas vezes, sofreu tantas decepções, mas jamais deixou de acreditar nos seus sonhos.
Esses homens fizeram dos seus traumas psicológicos, trampolins pelos quais pudessem alcançar conquistas maiores.

Todos eles, seguindo o exemplo de Jesus; o grupo de discípulos que Jesus tinha era um grupo que mais ninguém queria ter. Eram problemáticos, indecisos, emotivos, mas tinham um coração ensinável.

O que Jesus ensinou seus discípulos a fazerem é usarem os traumas e as perdas deles para alçarem conquistas maiores. Jesus não fez isso apenas uma vez, mas várias, Jesus viveu isso em todo o tempo, inclusive na sua ressurreição.

A desvantagem da juventude atual é que ela tem perdido a capacidade  de alimentar projetos de vida. E Jesus veio implantar um projeto de vida: Eu vim para que tenham vida e a tenham abundante (Jo 10:10).

Quando nós renascemos em Deus e para Deus, nós recebemos o Espírito de Deus para que possamos conhecer o que nos foi dado gratuitamente por Deus ( I Co 2:12), e o que o Espírito de Deus nos deu foi a capacidade de ser visionários novamente, pois com o derramar do Espírito Santoos filhos e as filhas profetizarão, os velhos sonharão e os jovens terão visões (Jl 2:28)


Há duas espécies de sonho ou visão: Aquela que temos ao adormecer, chamada na bíblia de visões da noite (principalmente em Jó e Daniel), e aqueles que nutrimos acordados.

A referida passagem de Joel fala de ambas visões. O Santo Espírito veio para nos dar visões noturnas, mas para nos dar também a capacidade de sonhar com a transformação de vidas.

O que levou os primeiros crentes em Jesus entregarem suas vidas ao martírio senão o sonho de ver vidas transformadas?

O próprio Jesus se doou na cruz em prol disto; ele disse: Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos (Jo 15:13), e o apóstolo João complementa dizendo em sua primeira epístola: Nisto conhecemos o amor: que Cristo deu sua vida por nós e nós devemos dar a vida pelos irmãos ( I Jo 3:16).


Leitor, se você quer ser instrumento de Deus para transformar radicalmente nossa geração, faça 7 coisas:

  1. Busque de Deus com todas as suas forças
  2. Vença seus traumas emocionais
  3. Persevere em meio a dificuldades
  4. Seja alguém entusiasmado e entusiasta
  5. Proponha idéias, não inculque idéias
  6. Seja um grande influenciador (a)
  7. Não dependa do retorno de outros para seguir seu caminho, faça o que Deus mandou fazer e deixe o resultado com ele
O Senhor ministrou no meu coração que nossa geração começará a vivenciar seus milagres quando acreditarmos que ao lado dele tudo e possível. Eu creio nisso e quero experimentar o avivamento prometido e você vem comigo nessa fé?