terça-feira, 19 de julho de 2011

Transbordantes no Espírito Santo de Deus


“E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito; Falando entre vós em salmos, e hinos, e cânticos espirituais; cantando e salmodiando ao Senhor no vosso coração; Dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo; Sujeitando-vos uns aos outros no temor de Deus.” (Ef 5:18-21)
A tradução “enchei-vos” pode significar também: “Transbordar”. A primeira igreja transbordava em alegria e no Espírito Santo: “E os discípulos estavam cheios de alegria e do Espírito Santo” (At.13:52). E a palavra diz como devemos fazer isso vejamos:
1.    Falando dos Salmos
Os salmos constituem a terceira divisão do AT. chamada “Escritos”. Então, devemos falar sempre da Palavra de Deus, pois a boca fala do que o coração está cheio, pois a morte e a vida estão no poder da língua e o que a bem utiliza come do seu fruto (Lc 6:45; Pv 18:20,21). Qual é a confissão que sai dos seus lábios, leitor? Com o quê você tem concordado, com palavras de vitória, possibilidade ou pessimismo?
2.    Cantando
Deus Habita no meio dos louvores de Israel: “Porém tu és santo, tu que habitas entre os louvores de Israel.” (Sl 22:3). Quando Paulo e Silas estavam na prisão em Filipos, ao cantarem louvores a Deus os alicerces da prisão foram sacudidos e os prisioneiros foram soltos, daí se diz que o louvor liberta. Existe um ditado que diz “Quem canta, seus males espanta”.
3.    Tendo gratidão a Deus e respeito ao próximo (vs 20,21)
As epístolas Paulinas estão cheias de recomendações sobre gratidão, exemplos disto são textos como Fp 4:6 que diz “Não estejais ansiosos por coisa alguma, antes em tudo, vossas petições sejam conhecidas diante de Deus com ações de graça. E também 1 Ts 5:18 que diz: “Em tudo dai graças, pois esta é a vontade  de Deus em Cristo Jesus para convosco”. O respeito ao próximo pode ser vista na divisão do decálogo (Dez mandamentos de Moisés): os 4 primeiros falam do relacionamento com Deus, o Pai e os 6 últimos falam do relacionamento entre os homens. Jesus qualificou essa mesma divisão nos evangelhos ao resumir a lei nos dois maiores mandamentos.
Já que vimos como ser cheios ou transbordantes do Espírito vejamos agora o porque ser cheio:
1.    Para aproveitar melhor as oportunidades.
Remir o tempo no v 16, em grego pode significar também aproveitar melhor as oportunidades. A ARA traduz assim Cl 4:5 sendo que a construção gramatical de Cl 4:5 é a mesma de Ef 5:16a;
2.    Pois os dias são maus (v 16b)
O apóstolo Paulo nos diz que ao revestirmos da armadura de Deus permaneceremos inabaláveis no dia mau. A armadura de Deus vem pelo Espírito de Deus porque o Espírito a todas as coisas perscruta até mesmo as profundezas de Deus e a revela a nós.
3.    Para entender a vontade de Deus
Quem conhece o homem é o espírito humano e quem conhece a vontade de Deus é o Espírito de Deus (1 Co 2:11). Deus através de seu Espírito Santo tem nos revelado sua bendita e poderosa vontade, pois segundo a mente de Deus é que ele intercede pelos santos (Rm 8:27)
Vamos comentar agora um pouquinho mais sobre o enchimento do Espírito Santo:
O enchimento do Espírito Santo:
1.    É pleno, transbordante
A palavra “enchei-vos” é a palavra grega “pleroo” e um de seus muitos significados é transbordar. O Espírito Santo não quer uma vida ralé, mas ele quer ser conhecido intimamente, quer conduzir-nos ao conselho de Deus. Muitos ao experimentarem o batismo no Espírito Santo não se aprofundam em conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus (1 Co 2:12), mas o desejo de Deus é que o conheçamos como somos conhecidos (1 Co 13:12)
2.    É o suprimento de Deus para sua igreja
Outro dos significados de pleroo é suprir. Uma igreja que experimenta o suprimento pleno de Deus é aquela que é transbordante do Espírito Santo. Por isso  a primeira igreja em Jerusalém não sentia falta de nada, pois o Espírito Santo em seu meio era pleno. (At. 4:32-37)
3.    Deve ser constante
Encher deve ser constante porque nós esvaziamos e como diz o ditado “saco vazio não pára em pé” se nós não estivermos cheios do Espírito Santo não poderemos cumprir o que a bíblia diz “Aquele que pensa estar em pé cuide que não caia” (1 Co 10:12)
Deus não dá seu Espírito por medida (Jo 3:34) e também quer que o busquemos com uma intensidade maior porque aquele que pede recebe o que busca encontra e quem bate se lhe abre (Mt 7:7-11). É tempo de buscar o renovo de Deus em sua vida através do Espírito Santo